domingo, 21 de setembro de 2008

(In)certezas

Percebi que ultimamente eu tenho estado muito sentimental. Tudo que eu escrevo tem um tom de tristeza, ou incompreensão. Mas não tenho conseguido evitar.
Uma amiga me disse que o meu tom literário está mudando, mas prefiro pensar que eu estou 'literando as minhas mudanças'.
Todo mundo diz que adolescência é um périodo de mudanças e instabilidade. Me vejo totalmente incluida nisso.
Algumas das convições que eu tinha desde a minha infância, hoje eu não considero mais verdades.
Pessoas que eu amava de paixão, hoje já não fazem nem parte das minhas boas lembranças.
Cada detalhe da minha vida, tem me feito pensar o quanto é inútil planejar, e lutar contra deus e o mundo a favor de alguma convicção.
Brigar com pessoas por algo que você acredita pode ser e é muito arriscado, nunca se sabe se amanhã você ainda vai ter certeza daquilo.
Não estou dizendo que não se deve lutar por mais nada. Mas, que quando você for lutar por algo, tenha plena certeza que as chances de você se arrepender não são tão pequenas.
Acima de todas as incertezas, de todas as dúvidas, de todas as lágrimas, o que realmente vale a pena é viver a própria vida. De acordo com as próprias escolhas. Porque a pior coisa é se arrepender por ter feito algo que alguém disse que seria o melhor!

É, eu tô confusa e já errei na prova por ter colado da amiga da frente, com medo de arriscar naquilo que EU achava que era certo e me arrependi.

23 comentários:

  1. O problema de querer não lutar é que depois podemos nos arrepender de não ter feito nada e ter a chance de ter alguma coisa. É bem complicado ter que tomar decisões...
    Bjsss

    ResponderExcluir
  2. Tudo bem, concordo quando você diz que as chances de se arrepender são grandes, mas eu prefiro ficar arrependida por algo que tentei, do que por não ter tentado... Nem te preocupa, na minha vida haviam pessoas insubstituíveis que hoje são meras lembranças. A gente não pode se culpar por mudar, pois faz parte, é uma evolução...

    Beeijos

    ResponderExcluir
  3. É, tudo tá passando pelo que todo mundo já passou ou um dia vai passar: Adolescência.

    Muito bom o blog!
    Tá linkada
    Bjo

    ResponderExcluir
  4. Também tinha pessoas insubstituíveis na minha vida,mas que hoje,por cauas de mudanças,não são mais que meras conhecidas...

    ;*

    ResponderExcluir
  5. Indepedente dos acertos, erros, arrependimento, o importante é vc agir sempre seguindo seu instinto, a sua verdade. é melhor errar por voc~e do que pelos outros...

    Há, e sobre 007 e "permissões para matar", tem horas que dah muita vontade de ter uma neh hahuahahau

    ResponderExcluir
  6. Mais uns anos e você vai perceber como a gente é bobo e como a gente muda. Mas a vida é assim.

    São lições e coisas pequenas que vão nos moldando. É a experiência que nos faz o que somos. E isso vai acontecer até o final da sua vida. E sem querer fazer você se desesperar, as dúvidas, sempre irão existir.

    Provavelmente daqui a uns cinco anos, serão outras, mas ainda assim, existirão. Não tem como fugir!

    Faz assim, viva! E se preocupe menos. ;D

    ResponderExcluir
  7. esta é uma fase interessante ;
    mas fica calma aí =]
    ache o que quiser achar.
    seja livre. defenda seus ideiais.
    se arrependeu depois?
    ótimo. é grande se arrepender.
    só perdem perdão os vencedores.
    lute. viva. sorria.
    ^^
    eu também vou tentar o//

    ResponderExcluir
  8. Veja apenas o que você pensa. Não vá pela cabeça dos outros.

    Coloca para fora amiga, por mais que seja depressivo.

    Beijos

    ResponderExcluir
  9. oo amor.. nossos post's vão de acordo com cada fase ou cada sentimento que temos, não é certo escrever post's alegres quando o coração só quer chorar, o blog é onde devemos ser sinceras, ser nos mesmas sem mascaras, ai sim nossos textos saem lindos por que foram escritos com o coração e com a sinceridade acima de tudo..

    Somos adolescentes certo Ma? Temos duvidas, incertezas e muitas outras coisas, acabei de sair de uma crise e estou feliz por ela, aprendi muita coisa, aprendi que a vida eh ingrime de mais pra se mater de pé o tempo todo! e quem disse que eh ruim cair.

    [/nossaelmaéirmã] Beijos amiga

    ResponderExcluir
  10. Quem você é? Eu não faço a mínima idéia. E isso importa? EM NADA!
    Belo texto, gostei bastante mesmo, você consegue expressar muito bem o que sente.

    Ah, e como tu caiu no meu blog?{www.issoeobvio.blogpost.com}

    Ultimamente tenho recebido visitas nele, e nem sei como, afinal, não divulgo-o, só tem um linkizinho no meu profile de orkut.
    Bem, se não lembrar, não faz mal.
    Vou linkar seu blog belê?
    Valeu!

    ResponderExcluir
  11. Me vi completamente no seu texto. E acho que muitas pessoas também.
    Minha adolescência inteira passei por isso, e agora ainda passo se quer saber. (até porque eu acho que aos 20 se é adolescente ainda. ou não?)

    ps.: no 2º ano eu NÃO colei e me arrependi. todos colaram em física, e eu fiquei naquela de nãão, vou passar pelo meu próprio mérito.. e acabei em dependência da matéria. anyway, fatalidades.

    ;*

    ResponderExcluir
  12. faz parte do jogo se arrepender; às vezes é preciso ser o que você não é pra descobrir o que você é.

    ResponderExcluir
  13. Ahh guria! Que saudade de ti, trenzim! =)

    Essencial por aqui, mas olhe.. incertezas sempre estarão com a gente, sempre.. pra isso basta acreditar e confiar no seu taco e saber seu potencial pra superar a tal incerteza!

    beeejO! ;)

    ResponderExcluir
  14. Nossas dúvidas são traíçoeiras e nos fazem perdero bem que poderíamos consquistar, se não fosse o medo de tentar...
    Já dizia o lendário Shakespeare.

    Beijão'

    ResponderExcluir
  15. Brigar pelos ideais é sim arriscado, mas omiti-los também não deixa de ser uma forma de risco, de não se fazer ser compreendido. Acho que certeza completa é algo que provavelmente nunca será alcançado em nossas escolhas, sempre há uma margem de erro, uma chance de que suas idéias não sejam tão verdadeiras quanto você acredita.Mas apesar de todas os contras, prefiro continuar me arriscando, até chegar num momento em que eu confirme tudo o que pensava ou veja que estava numa ação completamente idiota. Afinal, a vida é feita de riscos, mas é claro que se a atitude for bem pensada e planejada, as chances de êxito são maiores.

    E valeu por linkar meu blog =)

    ResponderExcluir
  16. "É, eu tô confusa e já errei na prova por ter colado da amiga da frente, com medo de arriscar naquilo que EU achava que era certo e me arrependi."


    mas se você não tivesse colado e errado não saberia que das proximas vezes poderia acontecer também, só ouvir conselho as vezes não é bom, se tivesse mlhe dito, você não tivesse feito, talvez estaria se perguntando como seria.

    ps.: vou provar um dia o suco :D
    ;****

    ResponderExcluir
  17. Adolecencia realmente é uma fase de mudança.
    Pelo menos para mim está sendo.
    E mudanças bruscas ainda.
    Mas ao inves de dizer que eu mudei, preciro dizer que eu evolui!
    Pois assim me sinto.

    ResponderExcluir
  18. também tenho andado sentimental.
    ;)

    ResponderExcluir
  19. Passando por aqui pela primeira veez :)
    Olha, quem nunca sofreu desses momentos instáveis e deprês que atire a primeira pedra. adolescência é assim msm.

    beijooos

    ResponderExcluir
  20. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  21. viixi... quem nunca sofreu dessas deprês na adolescencia?
    até parece que eu sou adulta pra falar ¬¬'
    asushasausahsa...
    bom, essas deprês já se tornaram bem comuns na minha vida :/
    beeijo =**

    ResponderExcluir
  22. concordo com a embi.bo e com a sofiih. Mas é tão ruim ficar confusa!
    O bom eh que uma hora passa,né?
    Beijokas

    ResponderExcluir
  23. "Brigar com pessoas por algo que você acredita pode ser e é muito arriscado, nunca se sabe se amanhã você ainda vai ter certeza daquilo."

    Essa frase tinha que mandar para os partidos de esquerda! Excelente!

    ResponderExcluir